quarta-feira, 8 de julho de 2009

ah quem me dera....

quem me dera
poder afagar lhe os cabelos
poder tocar-lhe o rosto
e a face beijar com paixão

quem me dera
poder andar de mãos dadas
em plena noite enluarada
só contigo na praia

ah quem me dera
poder te ver
e bem baixinho te dizer
ah como amo você

ah quem me dera
transformar essa espera
em apenas uma fina esfera
e estourar como bolha de sabão

ah quem me dera
que o prncipe de minha vida
passasse aqui por esta via
e ficasse pra sempre no meu coração

Um comentário:

Élinson Martins disse...

Fabiola, gostei muito!
Pura música!
Obrigado pela visita, é sempre bem-vinda à Taberna!
Seguidamente passearei pelo teu belo jardim!
Beijos!